Agora temos a “teofobia” e “pastorofobia”...

Derlour Dantas

Estava assistindo TV, minha mente vagueava pelo lixo midiático que me presto a assistir... Achei um programa sobre as aves e os insetos que podem viver em nosso jardim, lembrei que não tenho um jardim e possivelmente nunca terei um jardim do tamanho e variedade que apresentavam. Mudando de canais vi um programa como uma visita à casa de um amigo, quando comecei a assistir percebi que as casas e caprichos estão muito mais distantes de minha realidade que os jardins. Zapeava pelos canais, até encontrar um programa em que um apresentador "dava voz a um pastor". Quase ri com a chamada, era como se o pastor não tivesse seus púlpitos e fieis para se declarar, "proclamar a Verdade". Resolvi testar minha paciência e ouvi uma ótima piada: agora os oprimidos estão "criando" uma forma de "violência e perseguição aniquiladora" contra a maioria. Então, esses momentos ficaram martelando minha'lma. Navegando pela net encontrei uma charge que compartilho aqui e que muito bem expressa minha opinião sobre essas novas fobias inventadas. Que para mim só querem tirar de foco a questão que eu julgo primordial: DIREITO À DIVERSIDADE também S-E-X-U-A-L!



Um comentário:

Júh Te Veux disse...

Muito bom, adorei mesmo... Nem sei o que essas novas "fobias" podem causar na sociedade.

Santa Pesquisa: