Na noite'


Derlour Dantas
Uma multidão de caras carimbadas. Aparentes sujeitos comuns. Não há brilho. Os olhos buscam um sentido, algo no poste. O esqueleto de uma raia com sua rabeta presa entre os fios de um poste, baila a luz da lâmpada amarela. Parecia uma dança particular, um mistério sem fim. Portal que me fez sentir você dentro de mim. Durante o dia, minhas pegadas não se misturavam as outras na areia. Meus passos se faziam silenciosos e sem marcas. Apenas havia o pensamento de ter você a cada instante íntimo comigo!Derlour Dantas

2 comentários:

Júh Te Veux disse...

Todos Os Olhares serão voltados para um único ponto, uma pequena estrela amarela, sem boca.... em meio ao escuro do quarto, sua voz penetrando cada vazio da minha alma.

Kell Alves disse...

Uma palavra apenas: sensual.

Santa Pesquisa: