De domingo'

Derluh
Estive na lama... Tinha minha avó, primos e tios. Minha mãe, irmã e meu pai. Tinham outros tantos desconhecidos. Era mato por todos os lados e pés de acerola em torno. O dia era nublado, dia de domingo e garoas finas. Era um lugar no meio do nada. Lugar onde me senti pleno com meu espírito. Estou cansado das maquiagens, concretos e máscaras. Cansado das pessoas usando figuras de linguagem sem perceberem os sentidos. Cansado de vilões se valendo do papel de amigos, dos sorrisos que lançam espinhos. Em casa, fiquei com as lembranças do verde, do menino que não estava fisicamente comigo. É maravilhoso ouvir a voz do amor-lindo, ainda que entre ruídos e cortes da Tim. O que dizer? A melhor coisa em minha vida é amar... e Você!

Um comentário:

Júh Te Veux disse...

Você me causa borboletas no estômago, quando fala assim.

Santa Pesquisa: