Só sozinho'

Derlour Dantas

Tenho medo. Medo da morte e da distância. Da morte de quem amo e da distância de quem quero perto. Estou parecendo um anfíbio, antes vivia em lagos raso e poças de lama, depois que descobri os pés no chão, as asas e a respiração, eu não sei como voltar à solidão. Tenho medo de não conseguir viver esse paraíso. Estou cansado, com vontade de deitar, fechar os olhos e nunca mais sentir ou pensar nada. Porém, não quero que as pessoas que me amam sofram por isso. Não sei o que fazer, mas estou vivendo bem próximo ao abismo. Se aquele anjo de olhos cor de mel viesse me salvar com suas asas [felicidade]... Não quero mais continuar no vazio!

Um comentário:

Kell Alves disse...

E é desse medo, o de não saber mais ser sozinho, que mais tenho medo. A nossa própria companhia deveria nos bastar e o resto ser só diversão né?

Santa Pesquisa: